Páginas

Confissões de uma adolescente #2



       Com sinceridade, quanto amor você sente por si mesmo? Acho que essa é a primeira coisa que deveríamos nos questionar quando reclamamos que só amor meia-boca nos aparece. Só cara errado, que pisa em nossos sentimentos e não valoriza nossos esforços. Mas em quanto a mim? eu me valorizo? 

 Quanto eu mais olho ao meu redor,mais eu vejo pessoas não tendo amor próprio,mas pera!
será que eu faço parte delas?será que eu também sou uma idiota quando amo?  Talvez eu seja,mais meu! do que adianta eu amar muito uma pessoa,se eu não ter amor próprio.O jeito é eu sair com uma plaquinha pelas ruas de São Paulo dizendo:mais amor, por favor. Só que amor próprio.Não sou a única pessoa  que as vezes ama mais outras pessoas que si própria,Pessoas se lamentando,julgando pela aparência,traindo,reclamando da vida mas pô,para e pensa! tem meninas que se cortam,e você aí chorando por causa daquela blusa do shopping,que sua mãe não te dá.

   Amor próprio! muda tudo,não acredita? esperimenta como é se amar,idependende da opinião alheia,sem ter medo de ser feliz,vai lá coloca o alargador que você deseja ,pinta o cabelo de azul,coloca dread, sem se importar com a opinião alheia ,garanto você irá se sentir bem melhor!

      Do que adianta você amar demais aquela pessoa,dar o melhor de você é receber um tiquinho de atenção?! tente para por pelo penos 1 segundo de se machucar tentando ultrapassar seus próprios limites,Seja você independente da opinião alheia...!

Um comentário